close

Pesquisa mostra melhora em salários da área digital 

Levantamento da Robert Walters mostra que cenário foi ainda mais positivo em 2021

por Redação maio 31, 2022

A Pesquisa Salarial Digital 2022 mostra um cenário de melhoria no primeiro semestre de 2021, principalmente pelo impacto no mercado por conta das vacinas e da situação econômica e política do país. A avaliação é da consultoria global de recrutamento Robert Walters. Os dados do mais recente relatório sobre a área de tecnologia e digital incluem as tendências de contratação e salários. 

Segundo os especialistas da consultoria, a melhoria no ano passado aconteceu principalmente em meados de maio e abril, quando houve uma demanda de contratação maior de profissionais com experiência em cloud  e perfis de liderança.

‘’No final do primeiro semestre, o mercado se estabilizou e houve uma queda de contratações até a definição do calendário de vacinação. Já no início do segundo semestre, o mercado vem aquecendo novamente, principalmente para posições mais técnicas em infraestrutura, desenvolvimento e segurança da informação’’, explicou Tatiana Chebat, managing consultant da divisão de Tecnologia da Robert Walters Brasil. 

De acordo com ela, o mercado de TI e digital continua dominando o cenário, mas a digitalização também segue trazendo efeitos em finanças e recursos humanos. Os profissionais dessas áreas precisam se adaptar totalmente ao novo modelo tecnológico de trabalho criado nos últimos dois anos, segundo a consultora.

Talentos podem melhorar salários da área digital

Sobre retenção de talentos, Tatiana lembra que o mercado de tecnologia segue aquecido e com isso as empresas estão competindo para atrair os melhores talentos. “O ideal seria adotar ou mudar os processos de entrevistas e torná-los mais ágeis. Além disso, investir em employer branding para atrair possíveis candidatos que não estão abertos a novas oportunidades’’, completa. 

As principais tendências apontadas pela consultoria incluem a vinda de empresas de tecnologia do exterior, começando a contratar times de TI no Brasil; a mudança de mindset em relação ao trabalho remoto; e a flexibilidade de horário. 

Já as habilidades perdidas no segmento estão divididas em duas partes. No caso das hard skills, a tendência é pela procura por desenvolvedores, profissionais com experiência em cloud e inglês fluente. Em termos de soft skills, deve haver uma alta demanda por profissionais com boa habilidade de comunicação, que saibam trabalhar em equipe e que se adaptem a ambientes ágeis.