close

Mercado de tecnologias verdes será de US$ 41,6 bilhões até 2028

América do Norte e Europa lideram o mercado de tecnologias verdes, segundo a Fortune Business Insights

tecnologias verdes
por Redação dezembro 22, 2021
  • Impacto positivo e legados sustentáveis Mais informações
    Impacto positivo e legados sustentáveis

O mercado de tecnologia verde e sustentabilidade deve apresentar um crescimento anual composto de 20,3% entre 2021 e 2028. Assim, daqui a sete anos ele deve movimentar US$ 41,6 bilhões, segundo o relatório Mercado de Tecnologia Verde e Sustentabilidade 2021-2028, da Fortune Business Insights. O valor é bastante significativo, considerando que no passado o mesmo segmento era estimado em US$ 9,7 bilhões, segundo a Globe News Wired.

De acordo com a publicação, o investimento global em tecnologias verdes aumentou quase 20% nos últimos anos em vários setores, como energia, química e manufatura. O impulso para a emissão zero de carbono tornou-se uma preocupação global e a publicação cita a iniciativa da União Europeia, que já reduziu as emissões de gases nocivos em 55% até 2020 e visa estabelecer a neutralidade climática até 2050, no âmbito do seu Plano de Metas Climáticas. Junto com as nações, grandes empresas também estão contribuindo para a tecnologia verde e limpa. É o caso da Ford Motor Company, que lançou uma fábrica de carros elétricos com investimentos de US$ 11,5 bilhões.

Europa e América do Norte na vanguarda das tecnologias verdes 

De acordo com o relatório da Fortune Business Insight, a América do Norte deve permanecer dominante em termos de investimentos crescentes em tecnologias verdes. Um exemplo é a Parceria Norte-Americana para o Clima, Energia e Meio Ambiente, que promove políticas governamentais e a aquisição de bens mais sustentáveis, energia renovável e veículos elétricos, conforme necessário. 

Já a Europa aumentou seus investimentos em pesquisa e desenvolvimento de tecnologia sustentável e verde. Em julho de 2020, a Comissão Europeia (UE) investiu 1 bilhão de euros em fundos que contemplam soluções de hidrogênio verde e com baixo teor de carbono para as indústrias química, de cimento e de aço.

Ainda de acordo com o documento, o mercado de tecnologias verdes e sustentabilidade é consolidado por grandes empresas que buscam manter a sua posição com foco na colaboração e no estabelecimento de parcerias. 

Uma das iniciativas citadas é a da Ballard, que assinou um Memorando com a ITM Power e outros parceiros para trabalhar em Ônibus Elétricos de Célula de Combustível (FCEBs) para sistemas de transporte público australianos em 2020. “Outros participantes importantes adotam estratégias proativas, como lançamento de novos produtos, fusões e expansão de instalações para favorecer o crescimento do mercado nos próximos anos”, explica o documento de apresentação do relatório.