close

GSK CH forma primeira turma da Academia de Liderança FDC

Primeira turma do programa teve 78 executivos e permitiu a criação de uma visão unificada sobre os grandes objetivos da companhia, segundo o head de Digital Commerce Latam & Excelência Comercial da empresa no Brasil.

Academia de Liderança
por Redação janeiro 21, 2022
  • Liderança Mais informações
    Liderança
  • Educação e aprendizagem Mais informações
    Educação e aprendizagem

A GSK Consumer Healthcare formou a primeira turma da Academia de Liderança, estruturada pela Fundação Dom Cabral, no final do ano passado. O programa, que consiste na preparação de lideranças da empresa para lidar com situações adversas, como novos desafios impostos por momentos inusitados como a pandemia, formou 78 líderes na primeira turma e, além do objetivo macro, fomentou o senso de direção uniforme entre eles.

É o que explica Júlio Miele, head de Digital Commerce Latam & Excelência Comercial Brasil da GSK HC. O executivo, que trazia na bagagem a formação em Executive MBA da FDC, onde ele classifica que teve a melhor experiência acadêmica de sua carreira, lembra que a GSK HC precisava criar uma visão única para a liderança. “Havia a necessidade de colocar a nossa liderança no mesmo rumo. Tínhamos líderes magníficos, porém, não estávamos muito bem alinhados no que tange o senso de direção. Buscamos, com a parceria da FDC, colocar todos no mesmo objetivo, no mesmo caminho”, diz.

Os 78 líderes, de diferentes áreas da GSK – como regulatório, vendas, marketing, comunicação, qualidade e projetos – receberam treinamentos de lideranças também diversas, com palestrantes oriundos de empresas como Michelin, Itaú, Comgás, CBF, Doisélles e CeoLab. “Atingimos exatamente o nosso objetivo, colocando toda a nossa liderança muito mais alinhada. Destaco que, embora a diversidade da nossa liderança exista e seja muito rica e importante para a organização, era necessário que todos tivéssemos clareza paraonde teríamos de ir, no que tange os grandes objetivos da organização. E a primeira turma da Academia de Liderança permitiu isso”, diz.

Academia de Liderança age de forma personalizada

A maneira personalizada com que a Fundação Dom Cabral escolheu os palestrantes e também direcionou o programa,foi, para Miele, o grande trunfo do programa. “Também foi diferenciada a forma como a FDC diagnosticou as nossas necessidades”, diz o executivo.

Para as próximas turmas, a GSK pretende alternar a Academia de Liderança com uma Escola para Futuros Líderes, com foco no desenvolvimento de novos gestores para o futuro da empresa.

Em publicação da revista Exame, a gerente de projetos da Fundação Dom Cabral, Ana Cristina Dutra, destacou que Academia de Liderança é mesmo um programa personalizado e desenvolvido à medida que os encontros são realizados, levando sempre em conta o feedback dos participantes. “Construímos um modelo totalmente dinâmico e orgânico, no qual as prioridades de foco em cada módulo foram sendo definidos paralelamente às mudanças pelas quais a organização foi passando. É um processo de desenvolvimento contínuo, que apoia e fortalece os líderes em um momento especialmente desafiador”, disse ela.

O treinamento começou com a proposta de buscar um líder protagonista na GSK, o que exigiu uma análise tanto de contexto global quanto do local a respeito dos negócios, da gestão, da comunicação, das ferramentas e das estratégias. Isso exigiu entendimento do potencial da equipe, o que incluiu incursões para autoconhecimento, propósito e estilo de liderança dos executivos.

Conheça as soluções educacionais da Fundação Dom Cabral para empresas.