close

FDC mantém 9ª posição em ranking global de escolas de negócios do Financial Times

Instituição se destacou nos quesitos corpo docente, método de ensino e materiais didáticos

ranking global de escolas de negocios
por Redação maio 30, 2022

O Financial Times publicou o ranking de melhores escolas de negócios do mundo em 2022, no qual a Fundação Dom Cabral manteve a 9ª posição global. O ranking de educação executiva analisa e faz uma composição entre programas abertos e os customizados. Na parte de customizados, a FDC subiu quatro posições, passando de 15ª para 11ª colocada mundial. Em programas abertos, a evolução foi da 13ª  para 9ª  posição. As comparações são sobre o ranking anterior, publicado em 2020, já que, em função da pandemia, não houve publicação do ranking em 2021.

Outro destaque da FDC foi a quinta posição geral no quesito Métodos de Ensino e Materiais Didáticos, e a nona posição no quesito Corpo Docente.

Levantamento valia vários critérios

“Estamos muito felizes com os resultados, principalmente por se tratar de um momento de desafios globais. Os resultados demonstram que estamos no caminho certo e que, em 45 anos de existência, temos evoluído de forma constante e positiva. Somos a melhor escola de negócios da América Latina e a mais bem colocada do Brasil”, comemorou Paula Simões, vice-presidente da Fundação Dom Cabral. “O ranking revela que melhoramos ainda mais em realizar pesquisas que impactam a sociedade, e que de fato desenvolvemos novas competências nos nossos participantes, trabalhando com métodos e materiais de ensino contemporâneos, que misturam rigor acadêmico e prática relevante”, salientou.

O ranking global de escolas de negócios do Financial Times é composto por 80% da percepção dos clientes e participantes, que avaliam os programas abertos e customizados da FDC sob vários critérios. São eles: preparação; design do programa; métodos e materiais de ensino; corpo docente; novas competências e aprendizagem; acompanhamento; objetivos alcançados; custo-benefício; probabilidade de voltar para mesma instituição.

Os outros 20% são compostos por critérios sobre clientes internacionais; programas no exterior; crescimento em receita; número e qualidade das escolas parceiras e diversidade no corpo docente.

Conheça, abaixo, as top 20 escolas de negócios ranqueadas pelo Financial Times:

RankSchoolCountry
1HEC ParisFrance/Qatar
2Iese Business SchoolSpain/US/Germany/Brazil
3IMD Business SchoolSwitzerland
4Esade Business SchoolSpain
5London Business SchoolUK/UAE
6Essec Business SchoolFrance
7SDA Bocconi School of ManagementItaly
8University of Michigan: RossUS
9Fundação Dom CabralBrazil
10Edhec Business SchoolFrance/UK/Singapore
11ESMT BerlinGermany
12ESCP Business SchoolFrance/UK/Germany/Spain/Italy/Poland
13Western University: IveyCanada/Hong Kong
14CeibsChina/Switzerland/Ghana
15Stockholm School of EconomicsSweden/Latvia/Russia
16Ipade Business SchoolMexico
17University of St GallenSwitzerland
18Incae Business SchoolCosta Rica
19Henley Business SchoolUK/South Africa/Denmark/Finland/Germany
20Hult EF Corporate EducationUK
Financial Times