close

Como americano de 31 anos faturou US$ 6 mi/ano com o YouTube

Americano de 31 anos forma cinco canais no YouTube e fecha o ano faturando US$ 6 milhões

milionário com YouTube
por Redação outubro 15, 2021
  • Liderança Mais informações
    Liderança
  • Inovação e transformação digital Mais informações
    Inovação e transformação digital

Graham Stephan é um americano de 31 anos que se mudou de Los Angeles para Las Vegas. Mas essa não foi a única transformação do rapaz. Agora ele é milionário e fatura cerca de US$ 6 milhões por ano com o YouTube. O rol de mudanças inclui um aquário enorme em sua nova casa, que custou US$ 45 mil, segundo o canal CNBC, que também é responsável por um perfil de Stephan para uma série sobre os chamados millenials. Nesse caso, millenials bem sucedidos.

A história do youtuber começou a ser conhecida em 2019, quando ele ainda trabalhava no setor imobiliário em tempo parcial e filmou vídeos de seu canal no duplex que tinha em Los Angeles. Agora, a rede de comunicação de Stephan inclui cinco canais no Youtube e um podcast. Para ajudá-lo na tarefa de produção de conteúdo, ele tem dois funcionários, sendo que um deles mora no novo duplex em Las Vegas (a namorada também divide o espaço com o millenial bem-sucedido). O tamanho do novo apartamento pode ser usado como parâmetro da evolução financeira do rapaz: quase seis vezes maior do que a anterior de Los Angeles.

Isolamento da pandemia impulsionou a criação de conteúdo

Segundo a reportagem da CNBC, Stephan superou o limite de faturamento de US$ 1 milhão ainda em 2019, saltou para US$ 5,1 milhão em 2020, e deve fechar o ano com US$ 6 milhões, líquidos, dos quais a metade viria da receita de anúncios do YouTube. Os outros US$ 3 milhões seriam de patrocínios e afiliados, bem como da venda de cursos na plataforma online Teachable. Para quem quer saber o segredo, a publicação americana relata o caminho em poucas linhas.

“Ele alcançou esse crescimento abandonando sua carreira no mercado imobiliário para se concentrar no YouTube em tempo integral, estimulado em parte pelos primeiros bloqueios por coronavírus que o mantinham em casa fazendo vídeos”. Na avaliação da CNBC, a vida de Stephan está totalmente centrada na criação de conteúdo e ele finalmente está se permitindo desfrutar de seu sucesso e também do duplex avaliado em US$ 1,4 milhão.