close

Centro social da FDC consolida parcerias e resultados

Programa atua em várias frentes para capacitar jovens e líderes de organizações sociais e comunitárias

centro social
por Redação março 16, 2022
  • Impacto positivo e legados sustentáveis Mais informações
    Impacto positivo e legados sustentáveis

O FDC – Centro Social Cardeal Dom Serafim atua na educação e profissionalização de jovens e líderes de organizações sociais e comunitárias. Somente em 2021, quase 3 mil pessoas, de 152 instituições espalhadas pelo país, foram atendidas, em processos que somaram mais de 240 mil horas de capacitação. 

Nádia Rampi, diretora estatutária e líder do centro, resume que o foco é ampliar oportunidades por meio da educação. “Nós acreditamos que, para alcançarmos o crescimento econômico sustentável do país, precisamos de ações que possibilitem a redução das desigualdades sociais. O primeiro passo para isso é a educação”, disse Nádia. 

Ela lembra que a Fundação Dom Cabral é responsável pela formação e preparação de centenas de líderes do Brasil e do mundo e, com o FDC – Centro Social Cardeal Dom Serafim, também passa a trabalhar para ampliar oportunidades de acesso a esse conhecimento, que foi consolidado ao longo da trajetória da instituição. Em suma, disse ela, “o FDC – Centro Social Dom Serafim é o legado que queremos deixar para a sociedade”.

Para isso, o processo avança em várias frentes, sendo a concessão de bolsas de estudos uma das mais consolidadas.

Bolsas de estudos do centro social

Ainda em 2020, ano em que foi estruturado, o FDC – Centro Social Dom Serafim incorporou a Fundação José Fernandes de Araújo, que até então atuava com concessões de bolsas de graduação. Com isso, o centro social acumulou o histórico de quatro décadas de atuação, na qual foram concedidas quase 8 mil bolsas de estudos, em investimentos que passaram de R$ 14,7 milhões, conforme noticiou a revista Exame naquela época. 

centro social

Atualmente, detalhou Nádia em uma reportagem do Diário do Comércio, a concessão de bolsas de estudos continua a todo vapor, e 270 jovens foram atendidos no ano passado.

Em posicionamento oficial, a Fundação Dom Cabral explica que concede bolsas de estudo para desenvolver líderes que desejam fazer a diferença na sociedade e promover o desenvolvimento sustentável. Assim, as bolsas visam capacitar pessoas que não têm condições de custear a sua formação, promovendo a inclusão social de forma equânime às singularidades dos indivíduos e ainda contemplando equidade de raça/cor, de gênero e de pessoas com deficiência. As bolsas abrangem programas da própria FDC e de colégios, faculdades e universidades parceiras. 

Ações do centro social vão além das bolsas de estudos

Além das bolsas de estudo, o FDC – Centro Social Cardeal Dom Serafim, atua em diferentes frentes para promover o empreendedorismo popular e para auxiliar a gestão de organizações sociais.

O Pra>Frente, por exemplo, capacita nano, micro e pequenos empreendedores, por meio de uma metodologia proprietária e do envolvimento de voluntários atraídos, desenvolvidos e engajados pela FDC. 

No ano passado, o Pra>Frente Play, plataforma digital do programa atendeu mais de 1,8 mil empreendedores brasileiros. O processo é baseado em jornadas de aprendizagem com vídeos, podcasts e guias rápidos.

Para as organizações sociais, o FDC – Centro Social Cardeal Dom Serafim desenvolveu o POS (Parceria com Organizações Sociais), no qual desenvolve a gestão para as organizações se tornem autossustentáveis e mais atrativas a investimentos. Atualmente, há 32 organizações parceiras do programa e elas estão espalhadas pelos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Santa Catarina.

O centro social também capacita os gestores das organizações. Em 2021, foram mais de 700 participantes, de 152 organizações, somando 140 mil horas de capacitação.

O programa Basis – Trilha de Capacitação de Iniciativas de Impacto Social também capacita gestores, mas é focado em organizações sociais de pequeno porte, cujos líderes não só podem avançar na governança e na gestão, como também serem conectados a grandes empresas para atrair patrocínios. O Basis capacitou duas turmas de pequenas organizações sociais no ano passado e iniciou o treinamento de mais duas, que devem ser concluídas neste ano.

O FDC – Centro Social Cardeal Dom Serafim tem ainda outros programas para gestão de organizações sociais, com destaque para o Programa de Desenvolvimento de Empresas e Organizações Sociais (PDEOS), com atuação em rede para melhorar a gestão de lideranças empresariais e comunitárias.