close

Saúde do futuro envolve coordenação, hospitais inteligentes e digitalização

Cada vez mais fazem parte do dia a dia em saúde os conceitos de medicina personalizada, preventiva, proativa e preditiva com informações em tempo real

saude do futuro
card

por: Henrique Salvador

Presidente da Rede Mater Dei de Saúde

As conquistas tecnológicas e as transformações sociais do mundo contemporâneo estão moldando uma nova forma de relacionamento e de posicionamento no mundo. Ao mesmo tempo, os consumidores de produtos e serviços estão mais participativos compartilhando suas experiências querendo, cada vez mais, construir com as marcas um modelo de parceria que atenda às suas expectativas de consumo, cocriando valor. As empresas que pretendem acompanhar as tendências e, até mesmo, ir além, não podem se abster de se posicionarem frente às mudanças e ao novo tempo. Na área da saúde não é diferente. Estamos na era da saúde exponencial.

A saúde do século XXI está sendo redefinida a partir de alguns fatores. São eles: 1) Devemos não só cuidar da doença como também contribuir na promoção da saúde das pessoas. Esse conceito impacta todos os agentes da cadeia de saúde: hospitais, operadoras de planos de saúde, laboratórios e profissionais. E, principalmente, o cliente, na medida em que este engajamento permite não só aprimorar os serviços existentes para o público, como também oferecer novas linhas de cuidado a partir da necessidade de cada público. 2) Os atendimentos presencial e híbrido estão cada vez mais interligados. Um, por vezes, complementa o outro. E, além disso, os desfechos em saúde não passam, somente, pelo atendimento médico-hospitalar.

De acordo com a Mckinsey, em “The era of exponential improvement in healthcare?, 15% dos resultados gerais advêm dos atendimentos clínicos e 85% de determinantes sociais, genética e comportamentos de saúde. 3) Fazem parte, cada vez mais, do dia a dia em saúde os conceitos de medicina personalizada, preventiva, proativa e preditiva com informações em tempo real que ajudam em diagnósticos mais rápidos, com menor variabilidade, resultados superiores e ofertas de soluções e serviços integrados. O atendimento personalizado e humanizado nunca fez tanto sentido como agora. 4) Isso faz com que tenhamos novas soluções integradas para centralização do cuidado e uma nova indústria de saúde com dispositivos que permitem aos usuários o cuidado diário e o compartilhamento de dados com seus médicos e outros profissionais.

Para que realmente a transformação digital faça a diferença, esse novo consumidor necessita de uma experiência completa, com estruturas que suportem e caminhem lado a lado com essa evolução. É isso que estamos propondo aos nossos clientes neste momento.

Saúde do futuro na concepção da Rede Mater Dei

Ao longo de décadas, a Rede Mater Dei de Saúde foi adquirindo experiência em operar hospitais e serviços de saúde, em se relacionar com médicos e equipes assistenciais e de apoio, com parceiros e com a sociedade para levar adiante a missão de Compromisso com a Qualidade pela Vida. Aprendeu a ser uma organização de alta performance, com o suporte da melhor tecnologia disponível e inovando em estruturas, protocolos assistenciais e em gestão de processos buscando atender e, principalmente, entender as demandas dos clientes, dos profissionais e das operadoras e empresas. E, agora, estamos vivendo um momento especial, de crescimento acelerado com foco em levar para mais pessoas, com a abertura de capital, o Jeito Mater Dei de acolher.

A Rede Mater Dei de Saúde está desenvolvendo soluções que promovam a conectividade e que simplifiquem e facilitem a interação entre as pessoas envolvidas no cuidado permitindo acesso rápido ao conhecimento mais atual e que melhore a efetividade do serviço. Isso é possível graças ao investimento constante em inovação. Além da cultura que permeia os diversos departamentos, temos uma célula de inovação estruturada e conectada a outros hubs de inovação. Adquirimos, recentemente, 50,1% da A3Data, empresa de tecnologia, que nos apoia em projetos especiais e na formatação de novos produtos para o mercado.

Para construir a saúde do futuro e fazer junção com o melhor cuidado, a melhor técnica e a melhor experiência do cliente, a Rede Mater Dei está se estruturando em duas frentes complementares – o Smart Hospital (Hospital Inteligente) e a Plataforma de Inovação. Ambas orbitam na centralidade das pessoas (Human Centric).

Por meio da otimização e redesenho dos processos assistenciais e de apoio com uma estrutura integrada e habilitada por dados é possível oferecer a melhor experiência e maiores níveis de eficiência processual, analítica e exponencial, ou seja, com uso de dados de forma integrada, com a ampliação de soluções em saúde por meio da análise dos dados e com informações extraídas não só dos atendimentos como também de dispositivos pessoais, principalmente via AI e IoT.

A Rede Mater Dei busca integrar as inovações internas e externas na Plataforma de Inovação em Saúde, sistema de oferta de soluções inovadoras, com processos habilitados por dados, para ampliar a personalização da saúde e o cuidado centrado nas pessoas a partir de soluções contínuas. Isso tudo com uma estrutura que permite gerenciamento, armazenamento e interoperabilidade eficazes de dados para criação de um conjunto de informações comuns a toda a Rede Mater Dei.

          Nós nos orgulhamos de sempre termos nos notabilizado como uma organização pioneira e vanguardista em vários procedimentos médicos que atendam nossos pacientes da melhor maneira possível. E, agora, com o ingresso da Transformação Digital em Saúde no nosso cotidiano, de cada vez mais tecnologia e da inteligência artificial, temos a certeza de que vamos poder contribuir com nossa expertise em saúde e bem-estar dos nossos clientes.

        A instituição hospitalar certamente passará a ter uma nova função no sistema de saúde, cuidando das pessoas antes, durante e após a internação. E isso será suportado por tecnologias, processos e pessoas capacitadas para esse fim. Por isso, projetamos para o futuro uma Rede de Saúde ainda mais completa. A Rede está se preparando para continuar a ser a protagonista dessa mudança para disponibilizar não somente estruturas que possam oferecer aos clientes a oportunidade de cuidar melhor da sua saúde – com a expertise técnica necessária para isso – com ambulatórios integrados, aplicativos, telemedicina, saúde corporativa, monitoramento a distância de pacientes com doenças crônicas e degenerativas, entre outros dispositivos e iniciativas de atenção à saúde, mas também com o atendimento diferenciado, personalizado e humanizado, característico da Rede Mater Dei, sempre convidando o nosso cliente a estar conosco nessa transformação. 

* Henrique Salvador é Presidente da Rede Mater Dei de Saúde